Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Livres poderá ir para o PPS

Imagem relacionada

Em entrevista ao site Boletim da Liberdade, o presidente do PPS, Roberto Freire falou que interessa a ele que o Livres para o o partido.

Boletim da Liberdade: Recebemos duas informações principais: a primeira de que o PPS teria muito interesse em acolher o Livres internamente, em bloco, e a segunda de que o PPS estaria até mesmo disposto a negociar a mudança de nome. O senhor confirma essas informações?

Roberto Freire: A primeira parte é totalmente verdadeira. Nós entramos em contato com o [Paulo] Gontijo, que é o coordenador, que foi inclusive escolhido para ser o porta-voz do movimento após esse rompimento. Já tivemos esse contato com ele e o convidamos para uma discussão com a direção do partido e aqueles que representam o movimento que desejarem conversar para o próximo dia 17 em São Paulo. Ainda não foi confirmado, mas já foi feito o convite.

Tive um contato com a Elena Landau, que também se mostrou interessada nesse diálogo com o PPS. Nós temos esse interesse. Até porque temos uma tradição de manter um bom relacionamento com movimentos. O partido já ofereceu, inclusive, legenda e integração na própria direção partidária de um representante da Rede enquanto a Rede não era partido, era só movimento. Temos uma certa tradição disso. E, nesse momento agora, o PPS foi procurado por alguns desses movimentos. Em especial, o movimento “Agora!”. Então o partido decidiu pela sua direção nacional – e isso é importante – uma ação de buscar contato com todos esses movimentos e oferecer concretamente um processo de integração com eles, respeitada a autonomia dos movimentos. Mas aberto, inclusive pela nova realidade que o mundo está experimentando, e que talvez esteja apontando a nova forma de partido, às novas formas de representação política. A mudança que está operando em todo mundo, e não só no Brasil. Então nós estamos abertos para isso e temos todo o interesse [de acolher o Livres em bloco].

Quanto ao segundo ponto [relativo à mudança de nome], isso só teria sentido se realmente essa integração fosse de tal ordem que você mudasse a qualidade do partido. Aí, mudando a qualidade, mudaria o nome. Claro.

A informação é do Boletim da Liberdade

O Congressista precisa de sua ajuda. Nos faça uma doação através de nosso apoia.se

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/