Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Fundo eleitoral tirará dinheiro da saúde e educação

Resultado de imagem para crise nos hospitais


O Fundo Eleitoral, criado para bancar a candidatura de políticos, retirou cerca de R$ 472,3 milhões de recursos públicos que seriam originalmente destinados a saúde e educação.  Do total, R$ 121,8 milhões serão remanejados da educação e R$ 350,5 milhões da saúde.

O valor corresponde à transferência de dinheiro das emendas de bancadas – que seria destinado a esses setores – para gastos com as campanhas eleitorais deste ano. Os deputados e senador prometeram que não retirariam recursos dessas duas áreas para o financiamento da campanha.

Este fundo será de R$ 1,75 bilhão. Desse total, R$ 1,3 bilhão será de emendas da bancada e R$ 450 milhões será em isenções tributárias concedidas a rádios e canais de TV para passar as propagandas eleitorais.

Ele foi criado como uma alternativa a doação empresarial.

A informação é do Estadão

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/