Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Engenheiro processa Google por discriminação contra ideias conservadoras




O engenheiro James Damore, processou o Google por causa de, na visão dele, preconceito com ideias não esquerdistas.

Em 2017, foi vazado um memorando de Damore que criticava a visão esquerdista da empresa. Ele também escreveu que mulheres não se interessavam tanto pelas engenharias por questões biológicas e não culturais, diferente do que as feministas dizem.

O processo visa representar todos os conservadores da empresa. No memorando Damore afirmara que ser conservador na empresa era como ser gay na década de 1950.

"Os funcionários do Google que expressarem pontos de vista que se desviem da visão da maioria do Google sobre questões políticas criadas no local de trabalho e relevantes para as políticas de emprego do Google e seus negócios, como políticas de contratação de" diversidade "," sensibilidade de parcialidade "ou" justiça social "foram / são identificados, maltratados e sistematicamente punidos e rescindidos do Google, em violação dos seus direitos legais", diz o processo.

A informação é do CNBC

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/