Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Criminalidade subiu em estado alemão após crise imigratória

crime

O Ministério Federal Alemão para Assuntos Familiares mostrou que o número de crimes na Alemanha aumentou após a crise imigratória.

Segundo o estudo, no estado da Baixa Saxônia, entre os anos de 2014 e 2016, antes da crise imigratória, o número de crimes cresceu cerca de 10,4%. Durante o auge da crise, o número subiu 92,1%.

Os imigrantes cometem proporcionalmente mais atos violentos que o restante da população alemã. Eles são responsáveis por um em cada oito crimes cometidos no país.

Para estudiosos, algumas dentre as possíveis explicações possíveis para os números são que a maioria dos imigrantes são homens de 14 a 30 anos e estão na faixa etária com maior probabilidade de cometer crimes violentos.

De acordo com o governo, os crimes que ocorrem nos locais onde os imigrantes ficam hospedados desde que chegaram ao país são mais facilmente registrados por causa dos assistentes sociais e guardas de segurança no local.

A fim de combater a ascensão de crimes violentos entre migrantes, os pesquisadores dizem que os jovens imigrantes devem ser colocados em programas esportivos e outros projetos sociais.

A informação é do Breitbart Lodon 

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/