Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Mais países reconhecerão Jerusalém como capital de Israel

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, fala durante uma conferência no Ministério das Relações Exteriores em Jerusalém, quinta-feira, 7 de dezembro de 2017. Netanyahu disse que o presidente Donald Trump "se ligou para sempre" à história de Jerusalém ao reconhecer a cidade como a capital de Israel.  (AP Photo / Sebastian Scheiner)

Após Donald Trump declarar que transferirá a embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém, outros países deverão seguir o movimento, pelo menos é o que diz  primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

"Gostaria de anunciar que já estamos em contato com outros países que emitirão um reconhecimento similar", disse Netanyahu em um discurso pronunciado no Ministério das Relações Exteriores de Israel.

"Não tenho dúvidas de que no momento em que a embaixada americana se mudar para Jerusalém, e mesmo antes disso, haverá um movimento de muitas embaixadas em Jerusalém. Chegou o tempo", continuou o primeiro-ministro.

Além dos Estados Unidos, A República Tcheca também anunciou que reconhecerá Jerusalém como capital de Israel.

A informação é do Breitbart Jerusalém

O Congressista precisa de sua ajuda. Nos faça uma doação através de nosso apoia.se

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/