Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Guatemala reconhecerá Jerusalém como capital de Israel




Em sua página no Facebook, o presidente da Guatemala, Jimmy Morales, anunciou que transferirá a embaixada do país para Jerusalém.

"Caro povo da Guatemala, falei hoje com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Falamos das excelentes relações que tivemos como nações desde que a Guatemala apoiou a criação do Estado de Israel. Um dos temas mais importantes foi o regresso da embaixada da Guatemala a Jerusalém. Por isso, informo-vos que dei instruções à chanceler para que inicie as coordenações respectivas para que assim seja. Deus os abençoe."

O país será o primeiro, depois dos Estados Unidos, a reconhecer Jerusalém como a capital de Israel.  A aproximação entre os dois governos ficou mais visível durante a votação na Assembléia das Nações Unidas, onde os guatemaltecos se posicionaram contra a condenação do ato de Donald Trump.

Israel é um grande parceiro da Guatemala de longa data. O país latino-americano já recebeu ajudas humanitárias dos israelenses por diversas vezes após desastres naturais, como também apoio militar.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu usou suas redes sociais para agradecer pela decisão.

"Feliz Natal de Jerusalém, para você e para o povo da Guatemala! Obrigado, meu amigo presidente da Guatemala, Jimmy Morales por reconhecer Jerusalém como capital de Israel levar a embaixada para lá.‏ Feliz Natal para você e o povo da Guatemala, de Jerusalém!, disse Netanyahu

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/