Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Governo austríaco reconhece o caráter judaico do Estado de Israel e a culpa da Áustria no Holocausto


Por Willy Marques

O novo governo austríaco, encabeçado pelo jovem chanceler Sebastian Kurz, do ÖVP (Partido Popular Austríaco), reconheceu o caráter judaico do Estado de Israel (pela primeira vez) e explicitamente também reconheceu a culpabilidade da Áustria no Holocausto. 

Este precedente político, num país que durante décadas evitou admitir seu papel no genocídio dos judeus da Europa, é especialmente importante à luz da composição de seu governo. Além de também afirmar o compromisso da Áustria com o processo de paz israelo-palestino com base na solução de dois Estados, com o objetivo de atender às necessidades de segurança de Israel ao estabelecer um estado palestino viável. 

A nova plataforma do governo austríaco também inclui referências explícitas que reconhecem a culpabilidade da Áustria no Holocausto – isso também é um precedente político histórico –, já que governo comprometeu-se a comemorar oficialmente o 80º aniversário da Anschluss (a anexação da Áustria feita pelo III Reich nazista) que acontece no ano que vem, e o Holocausto como uma das maiores tragédias da história humana. 

Esta é a temida extrema-direita que anda sendo tão alardeada pela extrema-imprensa. 

A informação é do site Israel Hayom 

Ajude O Congressista através do apoia.se

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/