Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Novamente CNN é acusada de racismo

CNN signage is displayed at the network's headquarters building in Atlanta, Georgia, U.S., on Friday, Aug. 1, 2014. Time Warner is a 'long, long way from a transaction,' former Chief Executive Officer Richard Parsons said, adding the home of HBO, CNN and


Por Willy Marques  

A Rede de Comunicações CNN está em face de OUTRA acusação de discriminação racial.

A CNN está sofrendo um 2° processo de discriminação racial — desta vez trazido por mais de 200 afro-americanos.

Daniel R. Meachum, o advogado da primeira ação contra a CNN, disse à Fox News que as acusações de seus clientes contra a rede são agora mais fortes do que as antecessoras, porque mais vítimas se apresentaram contra aqueles que estão a frente do poder na CNN.

“Educados, bem intencionados, experientes e talentosos afro-americanos estão sendo discriminados".

Meachum também disse: “Estamos elaborando uma nova queixa-crime (...) pois a CNN dá aos afro-americanos classificações de desempenho mais baixas nas avaliações.

Meachum indicou que aproximadamente 95% das alegações feitas pelos 205 afro-americanas ocorreram nos últimos quatro anos.

A cobertura da CNN tornou-se ainda mais partidária. Um estudo recente feito pela universidade de Harvard indicou que a cobertura feita pela CNN sobre o presidente Trump é de 93% negativa.

Durante o verão, a audiência da CNN era tão baixa que eles estavam sendo batidos por reprises do Nick-At-Nite durante sua programação no horário nobre.

A informação é do Daily Wire

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/