Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Japão rejeita pressão da ONU e não quer mais imigrantes

Um visitante acena uma bandeira japonesa perto de flores de cerejeira florescentes no Parque Ueno em Tóquio, terça-feira, 4 de abril de 2017. A temporada de flor de cereja iniciou oficialmente em Tóquio, marcando o início da primavera para os japoneses.  (AP Photo / Eugene Hoshiko)

O primeiro ministro do Japão, Shinzo Abe, disse em discurso ao parlamento que não pretende aceitar um número maior de imigrantes no país, apesar da pressão da ONU. Ele argumentou que aceitar os trabalhadores estrangeiros deveria ser justificável apenas onde eles realmente são necessários para "manter a economia e a infra-estrutura japonesas sustentáveis".

O primeiro-ministro, de 63 anos, é um nacionalista confirmado e um admirador do presidente dos EUA, Donald Trump, e prosseguiu uma política econômica "Japão-primeiro" que foi comparada à do Sr. Trump.

A informação é do Breitbart 


Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/