Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Estado Islâmico pede o assassinato do filho de Donald Trump.

Depois de pedir o assassinato do Papa Francisco, o ISIS pediu o assassinato do filho de 11 anos de Donald Trump, Barron.

De acordo com o The Washington Free Beacon , "os canais de internet pro-ISIS estão pedindo o assassinato do filho do presidente Donald Trump, Barron, e compartilhou detalhes pessoais da vida da criança em suas redes de mídia social, incluindo o endereço de sua escola".

O Middle East Media Research Institute (MEMRI) traduziu um apelo em massa para terroristas para assassinar Barron Trump que foi divulgado no aplicativo Telegram amplamente utilizado pelo os terroristas. A mensagem não só compartilhou o nome da escola de Barron, mas também uma imagem do Google Maps que mostra sua localização.

Felizmente, o jovem e toda sua família estão bastante protegidos pelo Serviço Secreto e não correm qualquer risco.

A informação é do The Daily Wire.

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/