Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Confira relatos de membros da KKK revelando apoio a Hillary Clinton


Por Pedro Augusto

Apesar da grande mídia alardear que a Ku Klux Klan é uma organização republicana e apoiadora de Donald Trump, tudo por causa de um integrante da organização que resolveu apoiá-lo em público, muitos foram enganados em relação a visão política do grupo. O site Vocativ, da corrida presidencial, foi atrás da KKK e entrevistou um proeminente líder da organização no estado da Califórnia chamado Will Quiqq:

"Ela [Hillary Clinton] é amiga do Klan. Muitas pessoas não percebem isso. Ela é amiga do senador Byrd. Ele tem sido um Cyclope Exultado no Klan. Ele é o rei Kleagle." King Kleagle é outro título do KKK para o líder de um "reino" inteiro ou estado. Quigg é o rei Kleagle para a Califórnia. Quigg estava se referindo ao senador dos EUA, Robert Byrd, da West Virginia, que organizou e foi líder de uma parte do estado da West Virginia Klan na década de 1940. Em 2005, Byrd rejeitou publicamente o Klan e chamou seu envolvimento "errado". Com a morte do senador em 2010, Hillary Clinton chamou Byrd de "amigo e mentor".

Quiqq também disse que membros da KKK levantaram cerca de 20 mil dólares na época da eleição para a campanha da democrata. Em relação a Trump, ele disse: "não poderia administrar este país mais do que ele poderia executar um município. Ele não sabe nada sobre política, ou sobre assuntos externos. Ele foi a Israel e quase foi jogado fora".

Você pode conferir as declarações no vídeo a seguir.



Para saber mais da historia da KKK e seu envolvimento com o Partido Democrata clique aqui

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/