Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Mulher rejeita aborto após o diagnóstico de câncer de ovário, e bebê nasce saudável


Uma mulher que rejeitou o aborto depois de ter sido diagnosticada com câncer de ovário durante a gravidez, recentemente deu à luz a um bebê saudável, nos Estados Unidos.

Aleks Patete, de 28 anos, segundo a revista People, foi com sete meses de gravidez ao Hospital Universitário de Cleveland para fazer uma ultrassonografia de rotina. Durante o exame, a equipe do hospital descobriu um cisto no seu ovário, e ela foi diagnosticada com câncer.

Os médicos disseram a Patete que sua melhor opção de tratamento seria encerrar a gravidez e sofrer uma quimioterapia agressiva - mas ela recusou. "Foi difícil tentar cultivar um humano e passar pela quimioterapia", disse ela. Enquanto ela fazia a quimioterapia, Patete disse que os ultrassons mostraram que seu bebê parecia saudável, então ela continuou seus tratamentos.

Tudo foi difícil, mas Patete disse que completou seus tratamentos de quimioterapia apenas três dias antes de dar à luz seu filho, DJ, no dia 24 de abril. "Foi simplesmente lindo", disse ela. "E ele é o bebê mais doce, sempre sorrindo e é uma alegria".

"Eu penso sobre as coisas que poderiam ter acontecido e o que poderia ter dado errado e não há outra razão além da graça de Deus por tudo ter funcionando, e por nós dois permanecermos vivos", disse ela. "Eu realmente acho que Deus estava nos vigiando".

A informação é do The Blaze.

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.