Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Partido Democrata muda postura e líder critica violência da extrema-esquerda

WASHINGTON, DC - 25 DE MAIO: A Representante do Líder das Minorias da Casa dos Estados Unidos, Nancy Pelosi (D-CA) fala durante uma notícia semanal em 25 de maio de 2017 no Capitol Hill, em Washington, DC.  Pelosi manteve seu briefing semanal para responder perguntas de membros da mídia.  (Foto de Alex Wong / Getty Images)

A líder do Partido Democrata na Câmara, Nacy Pelosi, emitiu uma declaração sobre a violência do Antifa, braço da extrema-esquerda norte-americana: "Nossa democracia não tem espaço para incitar a violência ou pôr em perigo o público, independentemente da ideologia daqueles que cometeram tais atos".

Pelosi prosseguiu dizendo que "As ações violentas de pessoas que se chamam Antifa em Berkeley neste fim de semana merecem uma condenação inequívoca, e os perpetradores devem ser presos e processados."

É uma mudança de postura do partido e de parte esquerda norte-americana que se recusou a se opor a postura dos radicais de esquerda e que criticou o presidente Donald Trump por condenador os atos de violência de qualquer lado.

A informação é do Breitbart.

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/