Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Governo alemão fecha site de extrema-esquerda que incentivava violência na reunião do G-20

Um demonstrador da Antifa participa da Lei de Março contra a Sharia de Denver em Denver, Colorado, em 10 de junho de 2017. A marcha foi apoiada por dois grupos de direita, The Proud Boys e Bikers Against Radical Islam.  A polícia manteve os manifestantes contados separados durante a reunião que foi realizada na frente da capital do estado do Colorado.  A marcha foi uma das muitas realizadas em todo os EUA contra a lei da Sharia, e foi vista por muitos como a promoção da islamofobia e do racismo.  / AFP PHOTO / Jason Connolly (o crédito da foto deve ler JASON CONNOLLY / AFP / Getty Images)

O site de extrema-esquerda "linksunten.indymedia.org" foi fechado pelo governo alemão por causa de seu conteúdo extremista e por incentivar a violência na reunião do G-20. O site é uma plataforma para grupos extremistas como o Antifas. Os donos do site, em 2016, alegaram que a plataforma se tornou a mais importante dentre os sites radicais do mundo.

A informação é do Breitbart Lodon.

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.