Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Em 30 anos, dívida americana pode chegar a 92 trilhões

"Os números são assustadores", essas são as palavras de Brian M. Riedl do Instituto Manhattan.

"Estamos enfrentando a maior e mais previsível crise da história dos Estados Unidos e quase ninguém está falando sobre isso", diz Romina Boccia, diretora adjunta de estudos de Política Econômica da Heritage Foundation.

Em um painel de discussão sobre a dívida norte-americana, Riedl e Romina expressaram suas preocupações com o crescente endividamento do país. "Se você apenas olhar os dólares nominais (como o Escritório de Orçamento do Congresso), nos próximos 30 anos, a dívida passará dos dos 20 trilhões para 92 trilhões de dólares".

Veja o gráfico a seguir que mostra a possível evolução da dívida dos EUA.




Os pesquisadores apontam umas das principais causas desse endividamento é o envelhecimento da população, a falta de uma real preocupação dos políticos pelo futuro do país entre outras coisas.

Donald Trump e seu sucessores terão um grande desafio pela frente.

A informação é do site The Daily Signal.



Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.