Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

[OPINIÃO] O discurso de um eleitor do Ciro Gomes deixaria Hitler orgulhoso


Por Rudi Guimarães

Um dos maiores medos e espantos que podemos ter nas eleições de 2018 será justamente uma subida vertiginosa do então pré-candidato Ciro Gomes nas pesquisas, passando assim a ter chances reais de ganhar uma eleição. Candidato este que não é descartado pela esquerda, que cada vez que ela vê seu líder (Lula) acuado e pressionado pela justiça, forçando assim uma substituição por outro nome. O mais cogitado, então, é Ciro.

E não é incomum encontrar o protótipo já do futuro militante de uma era ''Cirista'' na esquerda brasileira, como bem expôs neste pequeno texto:

Qual o protótipo de um futuro eleitor do Ciro Gomes?

Senão o protótipo do ferrenho defensor da teologia da libertação, da permanência de Dilma Rousseff e um ativo militante contrário às reformas cruciais para recuperação econômica, membro de sindicatos abertos para a disseminação do ódio e da desinformação.

E é incrível como este imbróglio se apresenta entrelaçado ao antissemitismo aqui na América Latina, com discursos de cunho nacionalista que deixaria Hitler orgulhoso, com pitadas extremas de socialismo, não deixando nem um pouco para traz o discurso do Fuhrer e Stálin, dois grandes perseguidores de hebreus, e socialistas convictos de fazer todo tipo de ação ruim.

Este é o tipo único que vai fazer campanha para um político que inverteu tudo o que acreditava pela mera oportunidade de assaltar o poder. Ciro, com seu discurso falseado, vem até mesmo invocar o velho medo tupiniquim de ter suas riquezas "roubadas pelos ianques", como se isso realmente estivesse em pauta nos EUA, país que tem reservas o suficiente para não precisar importar de ninguém.

No meu modesto entender, este é o retrato mais fidedigno do esquerdista comum por essas bandas ao sul do continente americano, tão enraivecido e extremista quanto qualquer outro militante extremado da esquerda, pronto para colocar um outro louco no poder e minar qualquer tipo de liberdade que ainda exista, mesmo num sistema já dominado por facções de esquerda de todo o tipo, da mais branda a mais radical.

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.