Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

João Dionisio Amoêdo deixa comando do Novo e pode se lançar candidato a presidente em 2018


Os brasileiros poderão ter uma opção liberal-conservadora para as eleições presidenciais de 2018. João Dionisio Amoêdo anunciou nesta quarta-feira (5) que renunciou a presidência do partido Novo visando ser candidato no ano que vem. No seu perfil do Facebook, Amoêdo afirmou que ainda não tem uma decisão tomada. De acordo com o regimento interno da legenda, João Dionisio não poderia ser candidato a nenhum cargo se continuasse exercendo alguma função na diretoria partidária. Confira parte do que disse Amoedo em um vídeo publicado pelo próprio partido.

"Eu cheguei a conclusão que deveria ter a possibilidade, a oportunidade de eventualmente fazer um pedido de pré-candidatura (à presidência da República) ao diretório. Como vocês bem sabem, o Novo separa claramente a gestão pública da gestão partidária. Então para que eu pudesse ter essa opção, precisaria estar fora da gestão do partido nesses primeiros dias desta semana. Na sexta-feira apresentei um pedido de renúncia ao diretório nacional".

Clique aqui para assistir ao vídeo na íntegra.

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.