Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Vereador do Novo vota contra armas para Guarda Municipal por preferir projeto de Carlos Bolsonaro


O vereador Leandro Lyra (NOVO-RJ) usou sua página oficial no Facebook para explicar o motivo que o levou a votar contra uma emenda que retirava da Lei Orgânica a vedação ao uso de armas de fogo pela Guarda Municipal do Rio de Janeiro. Disse Lyra na sua publicação:

"Inicialmente, reforço minha posição contrária ao estatuto do desarmamento, pois entendo que é direito do indivíduo se armar e dispor dos meios adequados para sua defesa. No caso da Guarda Municipal, porém, a emenda que tramitou visava permitir o armamento de um órgão estatal sem o menor planejamento estratégico, operacional e orçamentário. Há que se ter maior responsabilidade no trato do tema, motivo pelo qual votei NÃO a essa emenda. É importante dizer que há outro projeto, o PELOM nº 29/2015, de autoria dos Vereadores Carlos Bolsonaro e Jorge Manaia, este sim propondo uma discussão planejada acerca do tema". 

Clique aqui para ler o texto completo, onde Leandro Lyra dá mais detalhes dessa emenda que foi à votação na Assembleia do Rio.

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/