Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Expresso News: Flávio Bolsonaro (PSC) deve disputar eleição pro Senado em 2018


Com 14% no primeiro turno da eleição para prefeito do Rio de Janeiro, o deputado Flávio Bolsonaro já mira a próxima disputa. Em 2018, o filho do deputado federal Jair Bolsonaro deve tentar se eleger para uma das duas cadeiras a que o estado do Rio terá direito no Senado. Marcelo Freixo (PSOL), Leonardo Picciani (PMDB) e Marcelo Hodge (PRB) deverão ser seus adversários no pleito que promete fortes emoções e outra chuva de promessas infundadas, ataques e apresentação de ad hominem no lugar de propostas concretas e aplicáveis, até porque é muito provável que Flávio comece a campanha em primeiro lugar, fazendo com que os demais adversários se unam para atacá-lo. No entanto, ainda restam dúvidas se os Bolsonaros continuarão no PSC. No Rio de Janeiro já há rumores que Jair Bolsonaro poderia estar mudando de partido visando a disputa presidencial de 2018.


A bolha da mídia

"E o motivo parece simples: os “jornalistas” trocaram a análise pela torcida. Como são “progressistas” e morrem de amores pelos democratas, passaram a confundir seus desejos com os fatos, e deixaram a realidade de lado para sonhar. A ilusão foi decepcionante".

Rodrigo Constantino na sua coluna "A bolha da mídia estourou", publicada na revista Isto É

BolsoTrump

Bolsonaro já entrou em contato com dois assessores de Donald Trump para manifestar seu desejo de comparecer à posse do presidente eleito dos Estados Unidos Donald Trump, que acontecerá em Washington, no dia 20 de janeiro. A intenção de Bolsonaro é integrar a comitiva oficial da Câmara dos Deputados. O parlamentar brasileiro já fez elogios às pretensões de Trump de estabelecer um controle no fluxo migratório para dentro dos Estados Unidos. Bolsonaro cita o caso dos venezuelanos que, fugindo do regime chavista de Nicolás Maduro, entram ilegalmente no Brasil pelo estado de Roraima já que a Colômbia levantou um muro tornando a imigração ilegal muito mais complicada.


Prestem atenção

Alan Ghani, colunista do InfoMoney, foi outro a chamar atenção para a impressionante insistência da grande mídia brasileira e americana em não enxergar a realidade e permanecer presa ao abstratismo de análises voltadas exclusivamente para o teor de pautas "progressistas" como multiculturalismo, ideologia de gênero, legalização das drogas, "culpabilização" das polícias, vitimização de bandidos e terroristas etc. Ghani atesta que a mídia torceu descaradamente para a vitória da democrata Hillary Clinton por ser ela a pessoa que representava essa "ditadura progressista" em contraponto a Donald Trump, mais preocupado em dar voz ao cidadão do povão, cuja preocupação tanto no Brasil como nos Estados Unidos é saber como irá pagar suas contas no final do mês, como irão proteger seus filhos das drogas, dos criminosos e dos terroristas. O colunista afirmou que o povão é conservador (não no sentido pejorativo empregado pela esquerda, mas no sentido original), que gosta de rezar, que gosta da sua família e curte piadas politicamente incorretas.


Melhor e pior

Uma pesquisa realizada pela Universidade Quinnipiac, dos Estados Unidos, avaliou a preferência dos americanos sobre os presidentes do país desde a Segunda Guerra mundial. E o resultado mais uma vez pegou a grande imprensa brasileira de surpresa. Barack Obama foi avaliado como o pior por 33% dos entrevistados, ficando à frente de George W. Bush no quesito impopularidade, que obteve 28%. O melhor colocado quando a pergunta foi sobre o melhor presidente foi o republicano Ronald Reagan, responsável por derrotar de forma definitiva a União Soviética na chamada Guerra Fria. Ele obteve 35% das menções. O segundo melhor foi Bill Clinton, com apenas 18%.

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/