Expresso News

[expresso-news] [twocolumns]

Colunistas

[colunistas][bleft]

Entrevistas

[entrevistas] [twocolumns]

Economia

[economia] [bsummary]

Sensacionalista confunde "piada" com desinformação


Por Wilson Oliveira 

Que o "Sensacionalista" não é um meio de informação já é sabido pelos internautas que conhecem o site. Entretanto, não é de hoje que o tal espaço virtual vem perdendo até mesmo o caráter que é a sua proposta. Após o anúncio do coordenador Kim Kataguiri como novo colunista do jornal Folha de S. Paulo, o "Sensacionalista" tentou fazer humor com a novidade, mas o que conseguiu no máximo foi levar até o seu leitor mais uma desinformação.

Logo ao final do primeiro parágrafo da publicação em questão, para justificar que "estudantes de todo o Brasil que haviam conquistado, através do SISU, a vaga para estudar jornalismo haviam desistido", o Sensacionalista afirmou que esses personagens fictícios não queriam "ser colega de profissão" de um dos líderes do MBL. Nota-se que o autor do texto desconhece a diferença entre colunista e jornalista. A confusão só pode ter ocorrido por um dos motivos abaixo:

- Quem escreveu o texto do Sensacionalista não tomou conhecimento da novidade por inteiro. Deve ter se limitado a ler apenas algum título que provavelmente dizia "Kim Kataguiri vai estrear na Folha", ou "Kim Kataguiri vai escrever para o jornal Folha de S. Paulo".

- Ou, ainda pior, o integrante do site Sensacionalista leu toda a matéria e achou que quando uma pessoa passa a integrar um jornal, independente da função que irá desempenhar, automaticamente torna-se jornalista.

Como não é possível saber quem escreveu o referido texto (na foto abaixo), explicaremos a diferença das funções para todos os que trabalham na atualização do site Sensacionalista.



Jornalista, primeiramente nos termos atuais, é quem conclui a graduação de jornalismo. No entanto, como fora convencional no início da profissão, era possível que uma pessoa se tornasse jornalista sem estudo específico para tal. Mas isso acontecia porque havia a realização do trabalho de apuração, desenvolvimento da matéria e veiculação de alguma notícia.

Com o passar dos tempos e os avanços da tecnologia, proporcionando a intensificação da globalização, a comunicação ganhou novos ares e, mais do que nunca, passou a abrigar em maior número pessoas que não obtinham a formação jornalística. Esses, apropriadamente, passaram a ser chamados de comunicadores, pois também desempenhavam a função de comunicar algo a alguém, mas não necessariamente na linguagem jornalística (que preza pela informação em primeiro lugar).

Portanto, cabe esclarecer, Kim Kataguiri será colunista de um jornal. Obviamente ele comunicará algo aos leitores da sua coluna, mas não necessariamente no formato jornalístico. E como é público e notório, ele não tem formação para tal. Sendo assim, é totalmente falho afirmar que quem está se formando em jornalismo será colega de profissão do coordenador do MBL. Um colunista não tem a obrigação de prezar pela informação em primeiro lugar, assim como o site Sensacionalista também não possui esse zelo - e nem o de fazer textos que sejam realmente engraçados.

Aproveitando a oportunidade, este que vos escreve envia correntes positivas para que o coordenador do Movimento Brasil Livre obtenha sucesso na disseminação das ideias liberais ao grande público. Vivemos em mais um dos países tão afetados com a praga do populismo-estatista inteiramente moldado por políticos de esquerda, que além da política garantiram praticamente a hegemonia na cultura, na comunicação e nas artes pela América Latina. Com muito esforço e dedicação, o movimento liberal procura erguer sua bandeira e virar o jogo, em busca de menos miséria e mais riqueza, de menos intervenção e mais liberdade, menos coletivismo imposto e mais individualidade produtiva, menos Marx e mais Mises. 

Nenhum comentário:

Os comentários ofensivos e anônimos serão apagados. Daremos espaço à livre manifestação para qualquer pessoa desde que não falte com o respeito aos que pensam diferente.

http://www.ocongressista.com.br/